RIO ALVIELA RECEBE PRIMEIRA REMOÇÃO DE UM AÇUDE OBSOLETO EM PORTUGAL

A cerimónia de assinatura do termo de parceria entre os Municípios de Santarém e de Alcanena com o GEOTA – Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente foi assinado, no passado dia 2 de dezembro, em Vaqueiros, para remoção do primeiro açude obsoleto a ser realizado em Portugal, nomeadamente no rio Alviela.

Este protocolo de cooperação institucional, assinado por Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém (CMS) e Rui Anastácio Henriques, Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, tem como objetivo reabilitar um troço do rio Alviela, na proximidade de Vaqueiros e Louriceira.

Para Ricardo Gonçalves, “esta iniciativa pioneira a nível nacional deve enchermos de orgulho. A política pública ambiental que o Município tem desenvolvido nestes últimos anos, demonstram bem a nossa preocupação ambiental e é intervindo localmente que podemos despertar mais consciências a nível global”.

A intervenção financiada pela Fundação MAVA, no âmbito do projeto Rios Livres GEOTA, inclui a remoção de um açude obsoleto, a estabilização das margens e a plantação de vegetação ribeirinha autóctone, sendo o primeiro passo para a implementação, em Portugal, de uma estratégia nacional de remoção sistemática de barreiras obsoletas.

Após a assinatura protocolar, realizou-se uma sessão de esclarecimento sobre a reabilitação do troço do Alviela e apresentação do projeto dirigida pela equipa Rios Livres do GEOTA e pelo representante da empresa especialista em reabilitação de rios, a E-Rio.

Nesta mesma cerimónia, Nuno Russo, Vereador da CMS com o pelouro da proteção ambiental, referiu que “a remoção deste açude é um dos vários projetos que o Município tem” e esclareceu que “a eliminação destas barreiras obsoletas permitem melhorar os ecossistemas ribeirinhos. Neste caso, vamos intervir num troço de 100 metros, com vista a recuperar a conetividade fluvial e a galeria ribeirinha”.

Os trabalhos de reabilitação no terreno começaram no passado dia 5 de dezembro, estando prevista a sua conclusão na segunda semana de dezembro, se as condições meteorológicas assim o permitirem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s