Associação de Agricultores do Ribatejo organiza ação para debater futuro da Política Agrícola Comum

A Associação de Agricultores do Ribatejo (AAR) organizou no passado dia 15 de março, a Ação 2022: Ano Transição PAC – “Desafios do Presente, Preparar o Futuro”, no Auditório da Casa do Brasil.

Esta ação terminou com uma mesa redonda moderada por Luís Seabra, Presidente da AAR, que contou com a participação de Nuno Russo, Vereador da Câmara Municipal de Santarém (CMS), de Rui Hipólito, Diretor Regional Adjunto da DRAPLVT, e de Ricardo Braz, Chefe da Divisão de Ordenamento do Território da CCDRLVT.

Nuno Russo, Vereador da CMS com o pelouro do Apoio ao Desenvolvimento Agrícola do Concelho, afirmou que o Município está apostado em promover a atividade agrícola do concelho e a dinamização do agronegócio, criando uma rede de proximidade entre os diferentes atores do território.

O Vereador tem feito visitas às diversas empresas no Concelho, aproveitando para envolver as diversas entidades, estabelecendo o relacionamento para a criação de sinergias no setor agrícola. Nuno Russo lembrou que é fundamental atrair novas empresas e investimento para Santarém, criando todas as condições possíveis a sua atividade económica.

Santarém é a capital da Agricultura Nacional. Nuno Russo não tem dúvidas “temos os melhores agricultores e boas associações para os poder ajudar” e o Município de Santarém está disponível e interessado em acompanhar a elaboração e desenvolvimento de estudos, planos, projetos, iniciativas e projetos desenvolvidos pela administração pública, ou da iniciativa privada, no território rural municipal, relacionados com a Agricultura. Decorreram recentemente em Santarém as X Jornadas de Enoturismo, para a semana realiza-se o XIII Congresso Nacional do Milho, e no próximo mês vão ser realizadas as 24Horas Agricultura Syngenta, todas estas iniciativas têm o apoio institucional do Município de Santarém, e pretendemos fomentar a realização de todo o tipo de iniciativas relacionadas com o setor, para além da Feira Nacional de Agricultura e da AGROGLOBAL, que também se realizam em Santarém e são exemplos de sucesso.

O tema da água e da gestão dos recursos hídricos encerrou o debate. Nuno Russo referiu a importância do aproveitamento da água do rio Tejo, e destacou os diversos projetos que o Município de Santarém tem desenvolvido, quer nas intervenções estruturais nos Diques do Rebentão e Ómnias, os serviços de limpeza, desobstrução e conservação dos troços das linhas de água inseridas nos aglomerados urbanos, o comabt e controlo das espécies exóticas invasoras dos ecossistemas ribeirinhos, as boas práticas ambientais de limpeza e conservação de cursos de água nas freguesias, a futura reabilitação da rede hidrográfica do rio Alviela, e ainda o projeto intermunicipal para a sustentabilidade da atividade pecuária. O Município está disponível para comparticipar parte do custo para a concretização do projeto de gestão dos recursos hídricos e ordenamento do território do vale do Tejo, com vista a ordenar e recuperar o território com mais de 10mil há numa das melhores zonas agrícolas do concelho, promovido pela Associação dos Agricultores do Ribatejo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s