“Glória”, primeira série portuguesa da Netflix, ultrapassa “Squid Game” no top nacional

Na passada sexta-feira, dia 5 de novembro, a série portuguesa “Glória” chegou à plataforma Netflix.

Esta série portuguesa realizada por Tiago Guedes que tem como centro de ação a aldeia da Glória do Ribatejo no distrito de Santarém, é a primeira produção portuguesa original para a plataforma “Netflix”, numa co-produção da SPi e da RTP.

“Glória” é um thriller de espionagem e ação, passado em Portugal nos anos finais do Estado Novo e durante a Guerra Fria, uma história de ficção assente num contexto e em factos reais.

A história de ficção é protagonizada pelo engenheiro João Vidal, filho de um alto dirigente do Estado Novo, recrutado pelo KGB, a polícia secreta de Moscovo.

Pedro Lopes, Diretor de conteúdos da SP Televisão considera que “a Glória na Netflix, que é o líder no streaming com mais de 293 milhões subscritores e presente em mais de 190 países, possa trazer visibilidade a Portugal e à nossa indústria”.

“Glória” envolveu cerca de 200 pessoas, entre as quais um elenco internacional com 80 atores e uma equipa de oito argumentistas.

Além de Miguel Nunes, a série conta com a participação de Victoria Guerra, Afonso Pimentel, Adriano Luz, Carolina Amaral, Joana Ribeiro, Albano Jerónimo, Marcelo Urgeghe, Sandra Faleiro, Carloto Cotta, Maria João Pinho, Inês Castel-Branco, Rafael Morais, Leonor Silveira, Matt Rippy, Stephanie Vogt, Jimmy Taenaka, Ana Neborac, Augusto Madeira e Tiago Rodrigues.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s